A (não) eficácia do sistema de cotas na FUVEST

Por Daniel em 27/11/2019

A partir do vestibular de 2019 a FUVEST alterou o seu sistema cotas. Antes de 2019, o sistema beneficiava com uma bonificação os candidatos que cursaram o ensino médio na rede pública de ensino e passou a contar com reserva de vagas para os estudantes cotistas.

Para cada curso as vagas são divididas da seguinte forma:

  • 60% reservadas para ampla concorrência
  • 40% reservadas para candidatos cotistas
  • das 40% reservadas p/ cotistas, 37,5% são reservadas para os candidatos de escolas públicas autodeclarados pretos, pardos e indígenas.

Segundo a resolução do Conselho Universitário (CoG) ainda:

O candidato concorrerá apenas com os candidatos que tenham optado pela mesma modalidade de concorrência no Concurso Vestibular FUVEST 2019.

É aí que aparece o problema. Algumas carreiras da FUVEST já possuiam historicamente proporção maior de 40% de alunos oriundos de escola pública. Esse ponto foi levantado em janeiro de 2019 pela ADUSP e mesmo em 2018 pela imprensa.

Vejamos os dados.

Para 37% das carreiras na primeira fase da FUVEST a nota de corte para ser convocado para a segunda fase para candidatos cotistas foi maior do que a nota para candidatos que se candidataram em ampla concorrência. Consideramos nas análises apenas as modalidades que tiveram todas as vagas preenchidas - isto é, foram convocados para a segunda fase mais candidatos do que o número de vagas disponíveis.

O gráfico a seguir mostra a diferença entre a nota de corte para candidatos cotistas de escola pública (EP) e candidatos da ampla concorrência (AC).

Veja que para o curso de Filosofia, a nota de corte para alunos cotistas de escolas públicas foi 11 pontos maior do que a nota para alunos da ampla concorrência.

Quando comparamos candidatos da modalidade PPI (estudaram na rede pública e se autodeclaram pretos, pardos ou indígenas) com candidatos da modalidade EP, a situação se repete.

As notas de corte para candidatos PPI dos cursos de Saúde Pública e de Ciências dos alimentos foram 4 pontos superiores às notas dos cotistas do ensino público.

As tabelas a seguir mostram os cursos que apresentaram maiores diferenças:

# vagas # inscritos # convocados 2ª fase Pontuação
Mínima Máxima
Filosofia
AC 102 431 331 27 73
EP 17 179 72 38 60
PPI 0 0 0 NA NA
Pedagogia
AC 108 469 377 27 64
EP 18 215 77 35 67
PPI 0 0 0 NA NA
Ciências Físicas e Biomoleculares − São Carlos
AC 24 62 57 27 75
EP 2 15 8 35 51
PPI 2 5 5 27 47
Geologia
AC 30 144 122 29 65
EP 5 49 20 37 57
PPI 0 0 0 NA NA
Informática Biomédica − Ribeirão Preto
AC 12 49 44 27 67
EP 3 17 12 33 45
PPI 1 3 2 27 48
Química − Licenciatura − Ribeirão Preto
AC 20 68 57 27 66
EP 4 17 12 33 52
PPI 4 4 2 33 35
Licenciatura em Educomunicação
AC 16 64 55 27 61
EP 3 20 13 32 43
PPI 2 4 2 33 40
Pedagogia − Ribeirão Preto
AC 30 100 75 27 65
EP 2 35 12 32 40
PPI 3 25 12 27 45
Licenciatura em Ciências Exatas − São Carlos
AC 30 106 88 27 61
EP 2 17 8 32 50
PPI 3 7 3 33 37
Sistemas de Informação − São Carlos
AC 25 173 103 34 67
EP 6 79 25 39 56
PPI 4 23 12 28 54

A relação candidato vaga também aumenta quando comparamos candidatos de cada modalidade do vestibular. Por exemplo, o gráfico abaixo mostra a diferença percentual entre a relação candidato/vaga para da ampla concorrência e cotistas de escola pública. Note que em alguns casos a relação aumentou mais de 400%.

Em suma, este artigo tem por objetivo apresentar dados que contestam a eficácia do sistema de cotas da fuvest. É notável que para a maior parte dos cursos o sistema de cotas teve efeito benéfico, no entanto, não faz sentido melhorar de um lado e piorar de outro. Além disso, a decisão de se candidatar pelo sistema de cotas ou não é uma decisão difícil para o candidato - que no momento da inscrição não possui dados tal como a relação candidato vaga para cada uma das modalidades.

Todo o código para replicar os gráficos e análises deste artigo estão diosponíveis aqui.

comments powered by Disqus

Nossa Newsletter

Uma vez por semana enviamos um e-mail para você não perder nenhum post da Curso-R. Avisamos também sempre que abrimos uma nova turma.