É possível rodar python no RStudio?

Por Julio em 11/03/2018

RStudio é a melhor IDE para fazer ciência de dados. R e python são, no momento, as melhores linguagens para fazer ciência de dados. O RStudio foi criado para rodar R.

Mas será que o RStudio é bom para rodar python?

Nesse post curtinho eu mostro que sim e explico como.

Rodando R e python no RMarkdown

Primeiro, certifique-se de que você tem a versão 1.1.x ou maior do RStudio instalado na sua máquina. Abra um arquivo RMarkdown em

File > New file > R Markdown...

Talvez seja necessário instalar alguns pacotes (por exemplo, o próprio rmarkdown) para abrir a telinha.

Se você não sabe o que é RMarkdown, dê uma olhada na documentação oficial do RStudio. Em poucas palavras, o RMarkdown é uma forma escrever textos e códigos dentro de um mesmo arquivo. Fazer análises com RMarkdown no RStudio é uma das coisas que torna essa IDE tão poderosa.

Com o RMarkdown aberto, você pode inserir um chunk com Ctrl + Alt + I. Vai aparecer isso aqui:

'''{r}

'''

Se você escrever um código em R aí dentro e mandar rodar, ele vai rodar.

'''{r}
eu_gosto_de_R <- "nossa, como você é legal!"
eu_gosto_de_R
'''

[1] "nossa, como você é legal!"

Se você trocar r por python, você poderá rodar python. Só isso!

'''{python}
eu_gosto_de_python = "tudo bem, vida que segue"
print eu_gosto_de_python
'''

tudo bem, vida que segue

É possível preservar a sessão entre chunks?

Até o RStudio 1.1.x, não. Mas a partir da versão 1.2.x, que ainda não foi lançada oficialmente, isso já funciona. Então, isso aqui funciona:

'''{python}
eu_gosto_de_python += "!!!" 
print eu_gosto_de_python
'''

tudo bem, vida que segue!!!

Com essa atualização, você também pode pegar os objetos rodados em python direto para o R, e vice-versa

Ler objetos do python no R, carregando o pacote reticulate:

'''{r}
library(reticulate)

veio_do_python <- py$eu_gosto_de_python
paste(veio_do_python, " Segue no R.")
'''

[1] "tudo bem, vida que segue!!! Segue no R."

Ler objetos do R no python usando o objeto r.:

'''{python}
print r.eu_gosto_de_R + " Também no python."
'''

nossa, como você é legal! Também no python

As versões 1.2.x ainda não foram lançadas oficialmente. Ou seja, elas podem ter problemas de funcinamento. Muito cuidado ao usar as daily builds do RStudio!

Um pouco de explicação

Tudo isso é possível graças ao pacote reticulate do RStudio, que é responsável por criar uma sessão do python dentro do R. A versão mais atualizada desse pacote utiliza a função reticulate::eng_python, que é adicionada como uma opção knitr::knit_engines$set() do pacote knitr.

Na versão 1.2.x do RStudio, a utilização dessa engine vem integrada ao editor do RMarkdown, permitindo que você rode os códigos em python e em R diretamente. Nas versões anteriores, você só conseguirá obter os resultados após compilar o documento para algum formato de saída (HTML, PDF, Word, etc).

Atualmente, o reticulate já sabe transferir vários objetos entre as linguagens: - Objetos atômicos como números, strings etc funcionam sem nenhuma dor. - Com um pouquinho de esforço, também podemos transferir data.frames entre R e Pandas, matrizes e arrays entre R e NumPy. - Objetos complexos do python são tratados como environments no R. - Para mais detalhes, veja esse link.

O pacote reticulate também permite que você abra uma sessão interativa do python dentro do console do R, usando a função py_repl(). Veja essa parte da documentação do reticulate para detalhes.

Wrap-up

  • Você pode rodar R e python no RMarkdown dentro do RStudio.
  • Para obter todas as funcionalidades, baixe a daily build, versão 1.2.x. Mas tome cuidado.
  • O objeto reticulate::py guarda objetos carregados no python dentro do R.
  • O objeto r. guarda objetos carregados no R dentro do python.
  • Fique atualizada e obtenha mais informações no pacote reticulate.

É isso pessoal. Happy coding ;)

comments powered by Disqus

Nossa Newsletter

Uma vez por semana enviamos um e-mail para você não perder nenhum post da Curso-R. Avisamos também sempre que abrimos uma nova turma.